Sem categoria

  • O Auxílio Emergencial e a família de dona Bia

    Dona Severina, mais conhecida como Bia, é daquelas pessoas que transbordam afeto e doçura, apesar da vida sofrida que teve. “A minha história é triste, não é muito boa, porque eu fui criada sem pai, minha mãe teve quatro filhos. Ela não tinha do que se valer em nada, nós morava num lugar chamada Jurema,

    por Ascom, publicado em 16/12/2020 20h11, última modificação em 16/12/2020 20h44
  • O futuro garantido pelo Auxílio Emergencial

    O sertão do Cariri é lugar de gente forte. Maria José Fidelis é a típica mulher dessa terra: batalhadora, guerreira e com um olhar altivo e esperançoso. Mora com o marido e os quatro filhos na zona rural de Cubati. Para a família dela, assim como para milhões de outras famílias, a pandemia trouxe muitas

    por Ascom, publicado em 20h10, última modificação em 16/12/2020 20h43
  • Sumária Silva

    A cidade de Aroeiras, no interior da Paraíba, assim como milhares de outras, foi fortemente impactada pela pandemia e pelo fechamento do comércio. A população do município, de cerca de 2,5 mil habitantes, ficou sem fontes de renda e muitas famílias recorreram ao Auxílio Emergencial para suprir suas necessidades básicas. Sumária Silva, uma dona de

    por Ascom, publicado em 08/12/2020 20h18, última modificação em 16/12/2020 20h45
  • O Auxílio Emergencial e o sonho de Geiza

    No interior da Paraíba, a 140 quilômetros de João Pessoa, na cidade de Queimadas, a simpática Geiza da Silva abria a porta da sua casa com um sorriso estampado no rosto. “Vamos entrando!”, dizia ela ainda um pouco encabulada e nervosa. Os porta-retratos na parede mostravam a família paraibana, com a mãe, os três irmãos

    por Ascom, publicado em 29/11/2019 18h31, última modificação em 16/12/2020 20h47